terça-feira, 1 de julho de 2008

Seiva da Young Designer Renata Quintela

O trabalho final de graduação da designer Renata Quintela além de ser lindo, é bem resolvido... Aquí está a luminária Seiva.

A luminária de piso Seiva consiste na união de três elementos para a construção do conceito: “Natureza + Tecnologia = Sensações”.

A partir desse conceito, o produto consegue transmitir ao usuário várias sensações distintas sem perder a sua funcionalidade. O elemento natureza se relaciona com o produto de forma muito forte, com o quesito de inspiração através do conceito de biônica, preocupação e consciência ambiental, ecodesign e cultura. A tecnologia tanto no conceito quanto no produto é de suma importância, pois para a adaptação do conceito / produto ela é necessária. O Powercast (tecnologia a ser utilizada) é um produto que possibilita a transmissão de energia sem fio através de ondas de rádio. Somando os dois elementos e a forma do produto consegue-se proporcionar diferentes sensações aos usuários, como conscientização ambiental, mobilidade, interação produto / usuário, e os momentos lúdicos, por exemplo, o ato de sentar embaixo de uma árvore e ler um bom livro, ou de colher os “frutos” da árvore, entre outros.

A tecnologia é simples, segura, eficiente, e atende perfeitamente as necessidades do produto, agregando mais características do que apenas a ausência de fios. Essas utilidades extras são: a possibilidade de carregar produtos eletrônicos, além de apenas fazer funcionar, a questão de ser um ambiente seguro para as pessoas e a economia de energia elétrica, o que faz com que a tecnologia esteja “ajudando” o ambiente.

A escolha dos materiais teve como um peso a mais, a questão ambiental, e estes foram: Aço Inox e Policarbonato. Um dos quesitos principais de escolha, além das propriedades, características e custo / benefício, foi à questão do reciclável, para que tudo se enquadrasse no conceito de natureza e design sustentável.



O processo produtivo é simples, as partes que utilizam o aço inox passam pelo processo de corte a laser das chapas, em exceção dos tubos e da base interna que feitos através de um processo de extrusão, e depois soldados com um tipo de soldagem elétrica por resistência de topo a topo. Uma peça de aço inox em exceção passa pelo processo de estampagem metálica e outra peça através do processo de usinagem. As peças em aço inox recebem alguns acabamentos como: decapagem, escovamento, lixamento, esmerilhamento e polimento. As partes da luminária que são feitas em policarbonato, que são as partes mais extremas e onde possuem luz, são confeccionadas com os processos de extrusão direta e uma pelo processo de termoformagem, e recebem o acabamento derivado do processo de jateamento.

A montagem do produto acontece praticamente toda na etapa de produção, pois toda a base do produto é soldada, as outras partes faltantes são anexadas através de encaixes simples (trava).

Para o total funcionamento da luminária é necessário a utilização de alguns acessórios:

  • Led´s para iluminação, pois consomem menos energia com a potência necessária.
  • Powercast – tecnologia a ser utilizada;
  • Imãs – para a o encaixe de algumas peças.

Feita a apresentação destas disposições, concluímos que este projeto para luminária de piso Amazônia consegue, em um só produto, causar variadas sensações no usuário utilizando tecnologia e estética.

Quer saber mais sobre a Renata Quintela? Clique Aqui

5 comentários:

Oxto disse...

ahá, é por isso que eu admiro design, essa luminária me deixou louco para ter uma.
Funcionalidade taí, gostei.
;D

. disse...

Opa... brigada oxto e Young Zeh ! =D
Qualquer dúvida entre em contato pelo site www.renataquintela.com

Obrigada !

Lilás disse...

qual email e celular para contato? quero falar sobre anúncio

. disse...

Oi lilás ! Meu email é renata@renataquintela.com , aguardo seu contato !

Obrigada

Leo Cabral disse...

Belas fotos! rsrs